#ad

13 de jan de 2017

[18 a 29/01/17] Cia dos Homens de Palha realiza apresentações de mágica em SJCampos



Grupo circense apresentará em feiras, parques e instituições da cidade

Com uma programação variada e voltada para toda a família, a Cia dos Homens de Palha dá continuidade ao projeto "O sumiço do mágico Abracadabrus", que estreou em dezembro e já realizou sete apresentações em feiras livres e oito apresentações em instituições assistenciais da cidade, com um espetáculo recheado de mágica e palhaçada. O grupo encerra a sua turnê com mais quatro apresentações em feiras livres, três em parques e outras duas em entidades durante o mês de janeiro, totalizando 24 apresentações.

Fazer a Agenda Cultural me toma tempo e hoje faço sem ganhar nada dos artistas e estabelecimentos! Se você gosta da Agenda Cultural, qualquer ajuda será muito bem vinda!!




Ajude a Divulgar!! Curta!!!




O espetáculo "O sumiço do mágico Abracadabrus" estreou no dia 8 de dezembro de 2016 e foi beneficiado pelo Fundo Municipal de Cultura da Fundação Cultural Cassiano Ricardo. A peça traz números clássicos de mágica que são executados de forma descontraída pelo palhaço Pinote. A roupagem teatral também está presente neste novo espetáculo da Cia dos Homens de Palha, assim como a trilha sonora experimental do músico João Felipe Gouvêa, expoente do Rock da cidade.

Além do espetáculo de mágica, o grupo oferece vivências de banda de circo, uma exposição fotográfica do circo na rua, a partir do olhar do fotógrafo Ricardo William, e uma aula-espetáculo que contará as mais intrigantes histórias dos mágicos desde a Antiguidade. É só se programar e levar a família.

Agenda

Espetáculo: "O sumiço do mágico Abracadabrus"

Feiras Livres:

18 e 25/jan (19hs.) - Feira Noturna de Santana, Rua Olivio Gomes;

20 e 27/jan (19hs.) - Feira Noturna do Satélite, Rua Antares.

Parques e praças:

28/jan (10hs.) - Praça Ulisses Guimarães (Jardim Aquarius);

28/jan (16hs.) - Parque da Cidade;

29/jan (10hs.) - Parque Vicentina Aranha.

Instituições (apresentações privadas)

Espetáculo: O Sumiço do Mágico Abracadabrus, com a Cia dos Homens de Palha
Gênero: Circo de Rua, ilusionismo cômico.
Local: Feira Noturna de Santana e do Satélite, Praça do Aquarius, Parque da Cidade, Parque Vicentina Aranha e entidades de São José dos Campos.
Data: a partir do dia 18 de janeiro (ver agenda completa abaixo).
Preço: gratuito.
Classificação: livre - indicado para toda a família.
Duração: 50min

obs.: por tratar-se de Circo de Rua, em caso de previsão de chuva o espetáculo será cancelado.

Exposição fotográfica: O circo no olho da rua

24/jan (15hs.) - Parque Vicentina Aranha.

Aula-espetáculo: Os mágicos e suas histórias

24/jan (16hs.) - Parque Vicentina Aranha

Sinopses

O sumiço do mágico Abracadabrus

Ninguém sabe onde ele foi parar, desapareceu misteriosamente durante um número de escapismo, escafedeu-se sem deixar rastros. Só nos resta desmontar o seu camarim e torcer para que um dia ele volte a abrilhantar o picadeiro do circo "Carambas & Carambolas". Alguns disseram que ele continua preso dentro do cofre no fundo do rio, outros insistem que ele virou um monge no alto do Himalaia, mas o que poucos sabem é que talvez o mágico Abracadabrus esteja mais próximo do que podemos imaginar.

Quarenta minutos antes do início do espetáculo será realizada com o público uma vivência de banda de circo, também conhecida como Charanga.

Exposição fotográfica: O circo no olho da rua

A exposição pretende compartilhar os resultados obtidos durante a circulação do espetáculo "O sumiço do mágico Abracadabrus" em feiras da cidade de São José dos Campos e provocar o olhar para a rua em suas peculiaridades: os saberes, desejos e anseios de quem passa e de quem fica.

Realização: Cia dos Homens de Palha de Circo e Teatro e Odarah Fotografia.

Aula-espetáculo: Os mágicos e suas histórias

A mágica e a ilusão estão presentes nas civilizações desde pré-história, mas nem sempre foram sinônimo de encantamento. Os mágicos ressuscitavam animais decapitados, falavam com os mortos e dominavam os elementos da natureza; por isso, eram chamados de bruxos ou de gênios e foram muitas vezes injustamente perseguidos. Porém, os mágicos, como Leonardo da Vinci, guardavam conhecimentos científicos secretos e foram responsáveis por importantes invenções que transformaram o mundo.

Os Homens de Palha

Respeitável público, chegou a hora de chamar eles que são a alegria do circo. Com vocês... os Homens de Palha!

Em outros tempos, os circenses faziam graça colocando enchimentos de palha que deformavam o seus corpos e causavam riso com o seu jeito grotesco. Eram os Homens de Palha, dizia a vizinhança. "O raio, o sol suspende a lua; olha o... no meio da rua". Eram os Homens de Palha, eram os Palhaços .

A Cia. dos Homens de Palha é um grupo de circo que faz das ruas, feiras e praças o seu picadeiro. Surgiu em 2010 com o propósito de investigar sobre o universo do circo-teatro e explorar as fronteiras das linguagens artísticas que culminaram na produção do espetáculo "Sonho de Palhaço - Carambas & Carambolas!", em parceria com a banda de Evolua. Uma mistura de circo, teatro, poesia e Rock N ́ Roll.

Desta vez, os Homens de Palha estão estudando poções secretas para provocar a simbiose perfeita entre a mágica e a música em um espetáculo que trará números de ilusionismo inéditos para a região.

Chapéu solidário

As artes de rua têm uma importante tradição: a passada do chapéu. Uma prática milenar que tem sido muitas vezes coibida por ser confundida com comércio ou mendicância. Além da sua importância histórica, o chapéu também exerce um papel pedagógico ao estabelecer um exercício de troca. Essa troca é a contrapartida afetuosa que pode se materializar em dinheiro ou em balas, pipocas, batatas e abraços. Portanto, passaremos o chapéu!

No entanto, toda a renda obtida com a passada do chapéu será revertida em produtos de higiene e entregues às entidades que receberão o espetáculo "O sumiço do mágico Abracadabrus" durante o projeto homônimo contemplado pelo edital Interartes do Fundo Municipal de Cultura da Fundação Cultural Cassiano Ricardo de São José dos Campos.

As entidades que receberão o projeto são: Associação de apoio ao deficiente auditivo (ADAA), Associação de pais e amigos dos Excepcionais (APAE), Lar Nossa Senhora da Salete, Associação para Síndrome de Down (ASIN), Lar São Vicente de Paulo e Obra de ação social PIO XII e Casa das meninas/meninos


"Os Eventos são de inteira responsabilidade dos envolvidos (estabelecimento, artistas...), a Agenda Cultural apenas divulga o que nos é passado. Eventos sujeitos a alteração de data, horário e local. Mais informações favor confirmar com o local indicado. Muito Obrigada."  


PARCEIROS: