#ad

11 de set de 2017

[11 a 17/09/17] Programação da FLIT - Festa da Literatura Infantil de Taubaté



Com o objetivo de consolidar a cidade de Taubaté como detentora do título de Capital Nacional da Literatura Infantil, a Prefeitura de Taubaté realiza a FLIT – Feira de Literatura Infantil de Taubaté, de 11 a 17 de setembro na Avenida do Povo.




Fazer a Agenda Cultural me toma tempo e hoje faço sem ganhar nada dos artistas e estabelecimentos! Se você gosta da Agenda Cultural, qualquer ajuda será muito bem vinda!!




Ajude a Divulgar!! Curta!!!
PROGRAMAÇÃO:

DIA 11 DE SETEMBRO (SEGUNDA-FEIRA)

Editora Casa Cultura, Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares
9h30, na Tenda Narizinho – Contação de história: Sob a coordenação da historiadora Solange Barbosa e da Editora Casa Cultura, um grupo de voluntários do Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares fará uma contação de histórias com temáticas afro-brasileiras, enaltecendo ancestralidade, tradições culturais africanas e suas influências no Brasil, incluindo o Saci – tema central do evento.

Leandro Mariano
9h30, no Palco Emília – Contação de História: Leandro Mariano é um artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Sítio do Picapau Amarelo – Teatro
10h15, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça teatral, com o elenco do Sítio do Picapau Amarelo, a menina Narizinho e a boneca Emília querem aprender como pegar um Saci. O Jeca Tatu, grande contador de histórias, decide ensinar as meninas. Será que elas conseguirão pegar um Saci?
Editora Casa Cultura, Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares
14h, no Palco Emília – Contação de História: Sob a coordenação da historiadora Solange Barbosa e da Editora Casa Cultura, um grupo de voluntários do Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares fará uma contação de histórias com temáticas afro-brasileiras, enaltecendo ancestralidade, tradições culturais africanas e suas influências no Brasil, incluindo o Saci – tema central do evento.

Leandro Mariano
14h, na Tenda Narizinho – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.
Elenco do Parque do Itaim
14h45, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça o elenco do Parque do Itaim apresenta o menino Pedrinho e a boneca Emília curiosos a respeito do Saci. Eles conseguem convencer Tio Barnabé a contar sobre a lenda do menino arteiro de uma perna só, mas no Sítio uma simples contação de história vira sempre uma grande aventura e muita confusão.

Escolas
15h30, no Palco Emília: Este espaço está aberto as escolas públicas e particulares da cidade, que poderão fazer apresentações, com agendamento prévio, de atividades relativas ao tema.

Editora Casa Cultura, Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares
16h30, na Tenda Narizinho – Oficina: Sob a coordenação da historiadora Solange Barbosa e da Editora Casa Cultura, um grupo de voluntários do Centro Cultural Afro-brasileiro e Biblioteca Zumbi dos Palmares fará uma contação de histórias com temáticas afro-brasileiras, enaltecendo ancestralidade, tradições culturais africanas e suas influências no Brasil, incluindo o Saci – tema central do evento.

Professor Nelson Gonçalves
18h, na Tenda Narizinho – Formação de Professores: “Trabalhar em cada um de nós o entendimento de que somos indivíduos únicos e sendo assim somos diferentes, com qualidades e potenciais que não devemos comparar”, faz parte do tema que será abordado pelo professor Nelson Gonçalves, nesta palestra que vai falar sobre “Autoestima – O poder do EU”.

Academia de Capoeira Ginga Brasil
18h, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: A Academia Ginga Brasil, fundada em 1977 por Lúcio Flávio de Campos Torres, o Mestre Quebrinha, desenvolve um trabalho com a capoeira nas cidades de Taubaté e Tremembé (SP); em Viçosa (MG); bem como nos países Estados Unidos e Espanha. A difusão dessa arte genuinamente brasileira é feita com muita responsabilidade e preocupação com os fundamentos a que ela pertencem, bem como a contribuição para o desenvolvimento do cidadão.

Luana Camarah
20h, no Palco Emília – Show Musical: Nascida em Taubaté, começou a cantar profissionalmente aos 12 anos em uma banda de bailes. Luana participou de realities como The Voice e Superstar e atualmente é vocalista da banda Malta. Vai apresentar um repertório variado na Avenida do Povo.

DIA 12 DE SETEMBRO (TERÇA-FEIRA)

Fabricando Arte
9h30, na Tenda Narizinho – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim da história só participando da atração!

Leandro Mariano
9h30, no Palco Emília – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Sítio do Picapau Amarelo
10h15, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça teatral, com o elenco do Sítio do Picapau Amarelo, a menina Narizinho e a boneca Emília querem aprender como pegar um Saci. O Jeca Tatu, grande contador de histórias, decide ensinar as meninas. Será que elas conseguirão pegar um Saci?

Fabricando Arte
14h, no Palco Emília – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!
Leandro Mariano
14h, na Tenda Narizinho – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Parque do Itaim
14h45, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça o elenco do Parque do Itaim apresenta o menino Pedrinho e a boneca Emília curiosos a respeito do Saci. Eles conseguem convencer Tio Barnabé a contar sobre a lenda do menino arteiro de uma perna só, mas no Sítio uma simples contação de história vira sempre uma grande aventura e muita confusão.

Escolas
15h30, no Palco Emília – Espaço aberto às escolas: Este espaço está aberto as escolas públicas e particulares da cidade, que poderão fazer apresentações, com agendamento prévio, de atividades relativas ao tema.

Oficina do Esconde-esconde do Saci | V & A Produções
16h30, na Tenda Narizinho – Oficina: Os visitantes terão a oportunidade de confeccionar seu próprio brinquedo e ter um Saci todo especial para brincar e nem será preciso capturá-lo em uma garrafa, e sim fazer a montagem e colagem.

Rita Elisa Seda | Academia Valeparaibana de Letras e Artes
16h30, no Palco Emília – Atividade Literária: Um bate-papo com a escritora Rita Elisa Seda, de São José dos Campos, que vai abordar o tema principal da feira: O Saci. A escritora é Acadêmica Titular Fundadora da Avla (Academia Valeparaibana de Letras e Artes), historiadora, arqueóloga, jornalista, palestrante, fotógrafa e artesã.

Professor Nelson Gonçalves
18h, na Tenda Narizinho – Formação de Professores: “Trabalhar em cada um de nós o entendimento de que somos indivíduos únicos e sendo assim somos diferentes, com qualidades e potenciais que não devemos comparar”, faz parte do tema que será abordado pelo professor Nelson Gonçalves, nesta palestra que vai falar sobre “Autoestima – O poder do EU”.

Cia. Unidos a São Benedito do Parque Bandeirantes
18h, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: A Cia de Moçambique Unidos a São Benedito, do Parque Bandeirantes, foi fundada em 1947. É uma tradição de pai pra filho, através da oralidade. Está sobre o comando do mestre Paizinho, que vai divulgando pra centenas de escolas, sobre a importância da cultura na educação.

Ventiladores
20h, no Palco Emília – Show Musical: A banda apresenta o melhor do pop, rock e clássicos em geral. Formada por Guilherme Freitas (guitarra e vocal), Gordo (bateria), Cocs (baixo e backing vocal) e Junis Souza (teclados).

DIA 13 DE SETEMBRO (QUARTA-FEIRA)

Fabricando Arte
9h30, na Tenda Narizinho – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Leandro Mariano
9h30, no Palco Emília – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Sítio do Picapau Amarelo
10h15, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça teatral, com o elenco do Sítio do Picapau Amarelo, a menina Narizinho e a boneca Emília querem aprender como pegar um Saci. O Jeca Tatu, grande contador de histórias, decide ensinar as meninas. Será que elas conseguirão pegar um Saci?

Fabricando Arte
14h, no Palco Emília – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Leandro Mariano
14h, na Tenda Narizinho – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Parque do Itaim
14h45, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça o elenco do Parque do Itaim apresenta o menino Pedrinho e a boneca Emília curiosos a respeito do Saci. Eles conseguem convencer Tio Barnabé a contar sobre a lenda do menino arteiro de uma perna só, mas no Sítio uma simples contação de história vira sempre uma grande aventura e muita confusão.

Escolas
15h30, no Palco Emília – Espaço aberto às escolas: Este espaço está aberto as escolas públicas e particulares da cidade, que poderão fazer apresentações, com agendamento prévio, de atividades relativas ao tema.

Prof. Jean Jardim | Academia Valeparaibana de Letras e Artes
16h30, na Tenda Narizinho – Atividade Literária: Diretamente de Goiânia (GO), o professor Jean Jardim vem conversar sobre os temas relacionados à feira. O professor é Acadêmico Correspondente da Avla (Academia Valeparaibana de Letras e Artes), palestrante, orador, literato, jurista, filósofo, articulista e escritor.

Professora Maristela Domingos
18h, na Tenda Narizinho – Atividade Literária: A professora Maristela Domingos é coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental I na Escola Jardim das Nações, em Taubaté. Vai apresentar na Flit uma “Oficina de Leitura”, na qual mostra a importância da leitura literária no desenvolvimento das crianças, refletir e compartilhar situações de leitura no cotidiano dos alunos com objetivo de  formar um leitor literário.

Terça Sintonia
19h, no Palco Emília – Sarau: Será um Sarau Sintonia, com poesias e músicas apresentadas por artistas da cidade. Vai contar também com a presença dos alunos da Escola E.M.E.F. Professor José Sant’anna Souza, com seu Varal de Poesias. Além disso, terá uma amostra de Sticker Art, que trata-se de uma modalidade de arte urbana que utiliza de etiquetas adesivas. É uma manifestação da arte pós-moderna popularizada na década de 90 por grupos urbanos ligados à cultura alternativa.

Tributo a Tim Maia – com Tiago Aguiar
20h, no Palco Emília – Show Musical: Tiago Aguiar é músico há mais de 25 anos e neste tributo apresenta o melhor do gênio e polêmico cantor Tim Maia.

14 DE SETEMBRO (QUINTA-FEIRA)

Fabricando Arte
9h30, na Tenda Narizinho – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Leandro Mariano
9h30, no Palco Emília – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Sítio do Picapau Amarelo
10h15, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça teatral, com o elenco do Sítio do Picapau Amarelo, a menina Narizinho e a boneca Emília querem aprender como pegar um Saci. O Jeca Tatu, grande contador de histórias, decide ensinar as meninas. Será que elas conseguirão pegar um Saci?

Fabricando Arte
14h, no Palco Emília – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Grupo Asa da Palavra
14h, na Tenda Narizinho – Contação de História: Há mais de sete anos narrando histórias, o grupo Asa da Palavra, de Monteiro Lobato, atua com o objetivo de despertar o imaginário sensível através de contos e música. Na Flit irão apresentar a história O Fio e a Flor Encantada, na qual o destino de um guerreiro está nas mãos de uma valente jovem, que terá de desvendar um segredo nesta trama que envolve mistérios maiores do que ela mesma previa.

Elenco do Parque do Itaim
14h45, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça o elenco do Parque do Itaim apresenta o menino Pedrinho e a boneca Emília curiosos a respeito do Saci. Eles conseguem convencer Tio Barnabé a contar sobre a lenda do menino arteiro de uma perna só, mas no Sítio uma simples contação de história vira sempre uma grande aventura e muita confusão.

Escolas
15h30, no Palco Emília – Espaço aberto às escolas: Este espaço está aberto as escolas públicas e particulares da cidade, que poderão fazer apresentações, com agendamento prévio, de atividades relativas ao tema.

Professora Conceição Fenille Molinaro | Academia Taubateana de Letras
15h30, na Tenda Narizinho – Atividade Literária: Será um bate-papo com o tema “Saci e outros mitos na literatura de Lobato”, com a autora Conceição Fenille Molinaro, estudiosa da obra de Monteiro Lobato.

Como prender o Saci na garrafa | Academia Taubateana de Letras
16h30, na Tenda Narizinho – Oficina:  Atividade de colagem, que busca valorizar o saci, um dos mitos das nossas matas, com a artesã Majo Kimura e membros da Academia Taubateana de Letras. A oficina tem como fio condutor a obra “Tia Nastácia e o Folclore” da autora Conceição Fenille Molinaro.

Fábio Cassiano | Editora Casa Cultura
18h, na Tenda Narizinho – Atividade Literária: Fábio Cassiano nasceu 1989 e desde pequeno convive com a doença DMD (Distrofia Muscular de Duchenne), que causa a degeneração do tecido muscular e limita muito seus movimentos.  Em 2014, publicou, pela Editora Casa Cultura, o livro ”DMD – Deus Me Deu”, que foi divulgado em escolas públicas e particulares e em diversas palestras e encontros com jovens, tratando de temáticas voltadas ao convívio harmonioso entre as pessoas e sobre a perseverança em seguir a vida com otimismo e sonhos.

Jongo Crioulo Taubaté
18h, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: Jongo é uma manifestação cultural criada pelos negros que viviam nos tempos cafeeiros do Sudeste do Brasil. O Jongo tem como base 4 elementos principais: a dança, os tambores, as palmas e os pontos. Assim, no passado, o toque dos tambus em conjunto com os pontos cantados, eram utilizados como uma comunicação para os negros escravos das fazendas. É por isso que, alguns pontos, possuem diversos significados.

Sarau da Academia Taubateana de Letras
19h, no Palco Emília – Sarau: Neste Sarau haverá leitura de poesias dos próprios acadêmicos ou de autores já consagrados na literatura brasileira, destinados às crianças.

Diego Luz, Lucas Bernoldi e Gustavo Lessa
20h, no Palco Emília – Show Musical: Os três músicos de Taubaté foram vencedores do primeiro Festival Nacional de MPB “Celly Campello”, onde o talento destes três músicos se uniu para apresentar a história de Taubaté resumida por um de seus principais ícones, o Mercado Musical. A música Grande Mercadão: Veredas mostrou que esta parceria deu certo e agora eles apresentam um amplo repertório neste show na Avenida do Povo.

DIA 15 DE SETEMBRO (SEXTA-FEIRA)

Fabricando Arte
9h30 , na Tenda Narizinho  – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Leandro Mariano
9h30, no Palco Emília – Contação de História: O artista trabalha na Secretaria de Turismo e Cultura de Taubaté e tem grande experiência na contação de histórias. Na Flit vai apresentar “O menino e o gigante”, que mostra um gigante que vem aterrorizando toda uma cidade, mas apenas uma criança se candidata a tentar derrotá-lo.

Elenco do Sítio do Picapau Amarelo
10h15, no Palco Emília – Teatro: Nesta peça teatral, com o elenco do Sítio do Picapau Amarelo, a menina Narizinho e a boneca Emília querem aprender como pegar um Saci. O Jeca Tatu, grande contador de histórias, decide ensinar as meninas. Será que elas conseguirão pegar um Saci?

Fabricando Arte
14h, na Tenda Narizinho – Contação de História: A companhia Fabricando Arte apresenta a história “Eu vi um saci”, que conta a história de Dona Menina Miúda que armou um plano infalível para pegar o Saci, que todos os dias aparecia em sua casa para pregar peças. Para saber o fim do história só participando da atração!

Oficina do Visconde
14h, no Palco Emília – Contação de História: Este sabugo muito inteligente vai dar uma aula de ciências divertida. São brincadeiras com o ar, vácuo e até foguetes de garrafa PET. O Visconde de Sabugosa vai adorar dividir todos os conhecimentos dele com as crianças da Flit.

Elenco do Parque do Itaim
14h45, no Palco Emília –Teatro: Nesta peça o elenco do Parque do Itaim apresenta o menino Pedrinho e a boneca Emília curiosos a respeito do Saci. Eles conseguem convencer Tio Barnabé a contar sobre a lenda do menino arteiro de uma perna só, mas no Sítio uma simples contação de história vira sempre uma grande aventura e muita confusão.

Escolas
15h30, no Palco Emília – Espaço aberto às escolas: Este espaço está aberto as escolas públicas e particulares da cidade, que poderão fazer apresentações, com agendamento prévio, de atividades relativas ao tema.

Viseira do Saci | V & A Produções
16h30, na Tenda Narizinho – Oficina: Os visitantes terão a oportunidade de colorir utilizando materiais como lápis de cor e giz de cera e também decorar com brilhos e lantejoulas, levando para casa essa lembrança do Saci que irá proteger seus olhos do sol e dos redemoinhos.

Atriz Letícia Braga | Detetive Sol do DPA
17h, na Biblioteca Visconde de Sabugosa – Tarde de autógrafos: A atriz mirim Letícia Braga, a personagem Sol da série Detetives do Prédio Azul, estará em uma sessão de autógrafos do seu livro “Detetives do Prédio Azul – As Aventuras da Detetive Sol”, da editora Ciranda Cultural. O livro conta a história da Detetive Sol no clubinho, depois que Mila se mudou e deixou a capa vermelha para ela. Em 96 páginas os detetives Sol, Pippo e Bento vão desvendar todos os mistérios do Prédio Azul e terão que aturar Dona Leocádia fazendo suas trapalhadas. São histórias incríveis de aventuras dos Detetives do Prédio Azul.

John Bella | Editora Casa Cultura
18h, na Tenda Narizinho – Atividade Literária: John Bella, pseudônimo literário de Jorge Marques Bela, nasceu em Luanda, em 1968. É Sociólogo, e formado em Jornalismo pelo Instituto Médio de Economia de Luanda (IMEI). Membro da União de Escritores Angolanos (UEA), escritor e jornalista prestigiado, é secretário-geral adjunto da Brigada Jovem de Literatura Angolana (BJLA). Publicou o seu primeiro livro de poesia intitulado “Água da Vida” em 1995, o qual foi distinguido, em 1996, com o prêmio de “Escritor do Ano em Angola”.

Grupo de Maculelê N’Golo Brasil
18h, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: Criado em 5 de dezembro de 2003, o Centro Cultural N’golo Brasil tem como um de seus objetivos a divulgação da cultura brasileira, em especial a cultura afro-brasileira. O maculelê era uma dança comum em Santo Amaro da Purificação na Bahia, nas festas de comemoração do dia de Nossa Senhora da Purificação. Homens e mulheres com os corpos pintados, trajando saias batem suas grimas (bastões) ao ritmo do atabaque e cânticos em linguagem popular. Movimentam-se em forma de roda numa dança contagiante e envolvente. Em algumas apresentações, no lugar de grimas são usados facões.

Deo Lopes
19h, no Palco Emília – Show Musical: “Cantando a gente se tece” é um concerto onde Deo Lopes canta suas canções acompanhadas por seu parceiro de estrada Marcio Oliveira, onde ele tece um pouco da história de cada canção. Este concerto foi preparado em acompanhamento ao lançamento do livro: “Cantando a gente se tece” – Crônicas do Brasil nas Canções de Deo Lopes, escrito por Moacyr Pinto, que retrata a obra do compositor de uma lúdica e harmoniosa apresentação. Deo canta algumas canções inéditas como: “Meu lugar e você” e “Concretismo” assim como traz aos encantos do público, canções já consagradas como: “Eterno Menino”, “Canção do Amor Natural” dentre outras.

Rudedog Ska
20h, no Palco Emília – Show Musical: A banda trabalha releituras em Ska de clássicos de Jazz, Blues, Rock e MPB. Além de temas autorais, que formarão o primeiro disco, em fase de produção. Os membros da banda são Tiago Tizil (trombone), Matheus Souza (trompete), Lucas Pezão (tuba), Juliano Custódio (bateria), Michel Cruz (guitarra e voz) e Diego Luz (guitarra e voz).
DIA 16 DE SETEMBRO (SÁBADO)

Orquestra Sinfônica de Taubaté
10h30, no Palco Emília – Show Musical: A OSITA – Orquestra Sinfônica Jovem de Taubaté reúne 60 músicos bolsistas mantidos pela Prefeitura de Taubaté. O grupo realiza concertos gratuitos na cidade e na região, além de concertos didáticos em escolas municipais abertos a toda comunidade, levando o conhecimento da música clássica. Na Avenida do povo a OSITA trará em seu repertório Carmen Suite nº1 de Georges Bizet, Nabucco de Giuseppe Verdi, Gonzagueando de Adail Fernandes, homenagem ao rei do baião Luiz Gonzaga, batuque do folclore brasileiro e músicas do cantor Toquinho.

Cultura na Kombi
11h30, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: O Coletivo fará uma apresentação e em seguida realizará uma oficina de toque de Maracatu de Baque Virado. O público terá oportunidade de vivenciar essa manifestação popular que há séculos se faz presente na cultura pernambucana.

Orquestra de Viola e Violões Itaboaté
12h30, no Palco Emília – Show Musical: Durante a apresentação do Grupo de Violas e Violões Itaboaté,  as pessoas terão a oportunidade de ouvir um repertório do cancioneiro regional,  retratando a cultura interiorana através de canções que falam da vida do homem do campo, do sertão e das Festa Populares, com destaque para festas da nossa região. Atualmente a Orquestra de Violas e Violões Itaboaté conta com 30 integrantes sob a regência e orientação do professor Lica.
Tempo de Brincar
14h, no Palco Emília – Contação de História: Brincadeiras nos quintais, cantigas de roda, conversas e histórias ao pé do fogo, festas na praça com cantorias e danças… O rico universo da Cultura Popular Brasileira é a fonte de inspiração para o trabalho da Companhia Tempo de Brincar, formada pela atriz e artista visual Elaine Buzato e pelo músico e compositor Valter Silva. Na Flit eles irão apresentar o espetáculo “Coisas de Saci”, que conta como um menino brinca com um Saci e se perde na mata, enfrentando o medo da noite e da solidão.

Construindo poesia com fantoches | Academia Taubateana de Letras
15h, no Palco Emília – Oficina: Oficina com contação de histórias, declamação de poemas infantis escritos por Karina Aldrighis, autora do livro “Ninho de Borboletas”. A escritora também dará vida a fantoches de personagens infantis que em sua voz declamarão seus poemas.

Barbatuques
17h, no Palco Emília – Show Musical: Com uma aula show de 50 minutos, “Barbatuquices”, eles prometem entreter todas as idades. O grupo musical, fundado em 1995, tem como proposta a utilização do corpo como instrumento musical. O Barbatuques deu origem a diferentes técnicas de percussão corporal, percussão vocal, sapateado e improvisação musical, desenvolvidas em suas experiências coletivas e somadas à bagagem individual de seus 14 integrantes. O grupo possui três CDs lançados e já foi contemplado com  o “Prêmio TIM de Música Brasileira”, como melhor grupo de MPB (2006).
Oficina Beijinhos Estalados | Academia Taubateana de Letras
18h30, no Palco Emília – Oficina: A partir do livro, “Era uma vez… A história de Francisco e o beijo” a autora, Regina Célia Pinheiro da Silva, confeccionará com as crianças marcadores de livros com acabamento de beijos.

Twyla
20h, no Palco Emília – Show Musical: Filha de músicos, Twyla Correia aprendeu desde cedo a cantar acompanhando sua família em shows. Dona de uma voz única ela encanta com seu carisma e simplicidade. Canta Rock e Blues e tem como referência grandes nomes como Joe Cocker, Aretha Franklin e Amy Winehouse .

DIA 17 DE SETEMBRO (DOMINGO)

Integrarte Dança
10h30, no Palco Emília – Intervenções Artísticas: O?Integrarte?Dança é um projeto da Prefeitura de Taubaté em parceria com o Fundo Social de Solidariedade da cidade. Serão 130 alunos,?entre?Baby?Class?e?Jazz,?homenageando?o?cantor?e compositor Toquinho.?As crianças e adolescentes dançarão?ao?som?da música?”O caderno”,?um?clássico do homenageado. Além disso, apresentarão também músicas de?diversos?autores,?que envolvam os personagens das obras de Monteiro Lobato.

Espetáculo Cinderela Lá Lá Lá
13h, no Palco Emília – Teatro: Vencedor do Prêmio APCA de Melhor Espetáculo (Adaptado de Clássico) e Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem de Melhor Texto Adaptado. A peça é uma versão moderna e irreverente do conto de fadas, apresentado pela Cia Le Plat du Jour.

Trovadores Mirins
14h, no Palco Emília – Show Musical: O coral de crianças dos Trovadores Mirins, criado em 1995, é a nova geração do bem sucedido projeto Trovadores Urbanos. Essa turminha afinada solta a voz para cantar clássicos da MPB, sob a batuta da regente e cantora Lucila Novaes. O grupo reúne crianças entre quatro e quatorze anos.

Projeto Conviver
15h, no Palco Emília – Contação de História: O Projeto Conviver, da Prefeitura de Taubaté, reúne idosos de toda a cidade em diversas atividades. Na Flit estas vovós e vovôs estarão contando histórias do Saci-Pererê para os “netinhos” presentes. A vovó conta que o sinal da presença do Saci sempre é um redemoinho. Para espantá-lo, é preciso jogar uma faca no redemoinho ou chamando o moleque pelo nome. Além disso, se alguém quiser capturar o menino travesso, basta jogar uma peneira sobre o redemoinho. Estas e outras histórias farão parte do repertório.

Mundo de Kaboo
16h, no Palco Emília – Show Musical: Em um lugar muito distante, vive uma turminha muito divertida! Que protege o livro mágico do mundo imaginário, que guarda as brincadeiras e a imaginação de todas as crianças do mundo! Ele não pode cair em mãos erradas, “Vocês estão prontos para essa aventura?” Kaboo, Blado, Papa e Gaio, Batatinha com a banda ABC Musical e o Malvado Dr. Ratazana, estão esperando todos no Mundo de Kaboo, com muita músicas, brincadeiras e diversão!

Famuta
17h, no Palco Emília – Show Musical: A Famuta – Fanfarra Municipal de Taubaté tem 125 integrantes e em mais de 40 anos de história possui 146 títulos regionais, oito nacionais, sete estaduais, um sul-americano, quatro medalhas de ouro, um mundial na categoria percussão, um mundial na categoria banda especial, um Open Europa e um título mundial geral. Para a Avenida do Povo a fanfarra trará “A Divina Comédia Brasileira”, repertório que será apresentado no campeonato mundial nos Estados Unidos.

Cerimônia de Encerramento
18h30, no Palco Emília – Cerimonial: Cerimônia oficial de encerramento da Flit, com a presença de autoridades municipais e estaduais.

Toquinho
19h, no Palco Emília – Show Musical: Nascido em São Paulo, com o nome de Antonio Pecci Filho, na primeira infância a mãe o chamava de “meu toquinho de gente”. Com isso, o apelido Toquinho permaneceu, identificando-o depois como um dos mais expressivos artistas da música popular brasileira. Músico, compositor e intérprete que sabe unir técnica e sensibilidade, o popular e o erudito na sua aquarela de sons e harmonia. Neste ano, comemora seus 50 anos de carreira.  Aqui em Taubaté, fará uma apresentação ao lado de um coral de 1.000 crianças, alunos da rede pública e particular.


"Os Eventos são de inteira responsabilidade dos envolvidos (estabelecimento, artistas...), a Agenda Cultural apenas divulga o que nos é passado. Eventos sujeitos a alteração de data, horário e local. Mais informações favor confirmar com o local indicado. Muito Obrigada."  


PARCEIROS: